Sem armas de fogo! YouTube atualiza políticas incluindo ainda mais proibições de conteúdo

DuReis Oliveira

O YouTube, que há pouco liberou o modo escuro em seu app para o iOS, anda dificultando bastante a vida dos criadores de conteúdo – especialmente com canais pequenos.

Atualizando constantemente suas políticas, limitando os ganhos com publicidade e proibindo cada vez mais assuntos de serem discutidos em seus vídeos, a plataforma preocupa boa parte de seus fãs e usuários; e pelo visto, as limitações continuam em ritmo crescente.

Dessa vez, a rede de vídeos começou a proibir a veiculação de vídeos que tenham a intenção de vender ou promover "armas de fogo ou acessórios relacionados a elas por meio de vendas diretas [...] ou links para sites que vendam esses itens".

Falando em relação à proibição dos acessórios, ficam impedidos de serem vendidos aqueles que "permitam que uma arma de foto simule fogo automático ou que a convertam em uma arma de fogo automático".

Tendo dito isso, conteúdo falando sobre silenciadores, munição, pentes de alta capacidade (30 tiros ou mais), bump-stocks e fabricação de armas ficarão terminantemente proibidos de estrelar qualquer um dos vídeos publicados no futuro.

A proibição também inclui tutoriais de como instalar e utilizar tais acessórios e equipamentos; tais atitudes por parte do Google são uma resposta direta à crescente violência, especialmente nos EUA – onde o porte de armas de fogo é legal em vários estados.

Vale lembrar que há pouco testemunhamos mais um massacre envolvendo tiroteio em escolas estadunidenses, algo que gerou um grande debate sobre o desarmamento como solução para esse tipo de problema.

Para muitos a proibição chega como uma ótima notícia, porém, alguns canais como, por exemplo, o Spike's Tactical, voltado à produção de armas, nem tanto, vendo que o YouTuber teve sua conta suspensa.

fonte: tudocelular.com

  • Compartilhe:
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Comentário

    Relacionados